Abertura da 1ª Copa Gari do DF será neste domingo (20)

areia-movedica
Você sobreviveria se caísse na areia movediça?
16 de agosto de 2017
Foto Divulgação
Matrícula no #BoraVencer Concursos deve ser feita na quinta (17) e na sexta (18)
16 de agosto de 2017
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília.

Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília.

A cerimônia no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha incluirá jogo amistoso e shows musicais. Equipes fizeram treinamento nesta quarta-feira (16) no campo do SLU

A 1ª edição da Copa Gari do Distrito Federal será aberta neste domingo (20) no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Estão programados shows musicais e jogo amistoso entre equipes participantes do torneio.

Equipes fizeram treinamento nesta quarta-feira (16) no campo do SLU
Equipes fizeram treinamento nesta quarta-feira (16) no campo do SLU. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Os portões serão abertos para o público a partir das 13 horas. Para ter acesso, basta levar 1 quilo de alimento não perecível. O amistoso começará às 16 horas. Esse será o primeiro torneio oficial entre garis do Brasil.

As partidas válidas pelo torneio serão disputadas no campo da sede do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), a partir de domingo (27). A final será em 22 de outubro no Mané Garrincha.

Tanto quanto na festa de abertura, é preciso levar um quilo de alimento não perecível para assistir aos jogos no SLU. Em volta do campo haverá brinquedos para divertir as crianças, inclusive pula-pula. Participarão do torneio 16 equipes, com 15 jogadores cada.

Objetivo da competição é o reconhecimento e a valorização dos profissionais da limpeza pública

Uma delas é do próprio SLU, outra do Sindicato dos Trabalhadores da Limpeza Urbana (Sindlurb), e as demais das empresas prestadoras de serviço: Sustentare Saneamento (7), Valor Ambiental (6) e Sterycicle (1).

O campeonato será disputado em formato de fase única, conhecido como mata-mata, com etapas de oitavas, quartas, semifinais e final.

Para Roberto Cipriano, de 38 anos, goleiro da Sustentare Futebol Clube, o evento é uma conquista. Jogador desde os 15 anos, ele só conheceu o Mané Garrincha pela tv. “É uma grande oportunidade poder conhecer e jogar num estádio de copa”, comemora.

Além da chance de jogar na arena, o time vencedor do torneio receberá troféus e R$ 3,5 mil em dinheiro. O segundo colocado ganhará medalhas e R$ 1 mil. Caberá ao terceiro lugar também receber medalhas e R$ 500. O valor em espécie é oferecido pela Sustentare Saneamento.

Idealizadora do evento e diretora de projetos da Sustentare Saneamento, Williani Carvalho disse que o objetivo é promover a valorização dos garis. “Esses profissionais têm um trabalho duro, pesado e mal reconhecido”, observou.

O projeto, acrescentou ela, “é importante pela melhoria da qualidade de vida, pelo incentivo à prática do esporte e, mais do que isso, pelo reconhecimento desses profissionais perante a população”.

A Secretaria do Esporte, Turismo e Lazer é correalizadora da iniciativa. O governo de Brasília cedeu o uso do estádio para a competição.

Abertura da 1ª Copa Gari DF

20 de agosto (domingo)

A partir das 13 horas

No Estádio Nacional Mané Garrincha (Eixo Monumental)

Entrada: 1 quilo de alimento

Jogos da 1ª Copa Gari DF

Nos dias 27 de agosto; 3, 10, 17 e 24 de setembro; 1°, 8 e 21 de outubro

A partir das 9 horas

Sede do SLU (Av. das Nações, L4 Sul)

Entrada: 1 quilo de alimento

Final da 1ª Copa Gari DF

Em 22 de outubro

Às 11 horas

No Estádio Nacional Mané Garrincha (Eixo Monumental)

Entrada: 1 quilo de alimento

FONTE: www.agenciabrasilia.df.gov.br